Trafegando com segurança: os riscos da evasão de pedágio e a importância do pagamento adequado nas rodovias

O problema da evasão de pedágio nas rodovias, com foco na BR-381, administrada pela concessionária Arteris Fernão Dias em Minas Gerais e São Paulo.

A evasão de pedágio ocorre quando motoristas tentam passar pelas pistas automáticas sem pagar a tarifa, colando na traseira de outros veículos antes que a cancela se feche.

Em 2022, foram registradas 108.025 evasões de pedágio, e esse número aumentou consideravelmente nos primeiros meses de 2023.

Essa prática não só gera multas e pontos na carteira, mas também coloca em risco a segurança dos motoristas.

A Arteris Fernão Dias conta com monitoramento 24 horas e equipes de policiamento rodoviário para verificar essas ocorrências, além de realizar ações de conscientização.

A evasão de pedágio também prejudica os municípios próximos às rodovias, pois o Imposto Sobre Serviços (ISS) repassado pelas concessionárias para as prefeituras é afetado.

A arrecadação nas praças de pedágio é essencial para a conservação e melhoria das vias, bem como para garantir o atendimento aos usuários, incluindo serviços de apoio mecânico e atendimento pré-hospitalar.

A importância de usar formas de pagamento adequadas, como o uso de cabines automáticas e pagamentos em cartões de débito, para evitar a evasão de pedágio.

Deixe um comentário