Romeu Zema comemora assinatura de contrato de concessão do Metrô de Belo Horizonte

564
Foto: Divulgação/CBTU
Publicidade

O governador Romeu Zema (Novo) comemorou a assinatura do contrato de concessão do Metrô de Belo Horizonte.

Ele acredita que a construção da Linha 2 e a modernização da Linha 1 vão agilizar a vida dos moradores da região e gerar 30 mil empregos.

Zema considera que a assinatura do contrato coloca “um ponto final em mais de 20 anos de promessa”.

Concessão

O Metrô de Belo Horizonte foi vendido para a Comporte Participações S.A. por um valor de R$ 25,7 milhões no final de 2022, mas ainda havia pendências na assinatura do contrato.

Com a compra, a Comporte agora é operadora da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU-BH) e tem a responsabilidade pela gestão, operação e manutenção da rede de metrô, incluindo as linhas 1 (Novo Eldorado – Vilarinho) e 2 (Nova Suíça – Barreiro).

A previsão é de que novas estações sejam inauguradas a partir de dezembro de 2026 e que todas entrem em operação em 2028, com a criação de uma nova linha prevista na concessão.

Mobilidade BH

Siga o Mobilidade BH no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui