Prefeitura de BH intensifica fiscalização e recolhe cinco autorizações do transporte coletivo

A Prefeitura de Belo Horizonte vistoriou nesta sexta-feira (2/2) oito ônibus e aplicou 17 autuações no bairro Santa Lúcia e Nova Cintra. Foram recolhidas cinco autorizações de tráfego em função dos problemas constatados nos ônibus. Dois veículos das linhas 8001A e 9150 foram multados pelo Código Brasileiro de Trânsito (CTB), por causa do mau estado dos pneus. Os dois veículos foram removidos para o pátio do Detran-MG e só poderão ser retirados depois de comprovar a quitação das multas aplicadas e apresentar documentação regularizada.

A operação de fiscalização do transporte coletivo da capital verifica as condições dos ônibus, especialmente no que diz respeito à segurança dos passageiros. A fiscalização contou com agentes da Sumob, da BHTrans e da Guarda Municipal. Os principais problemas encontrados nos ônibus foram o sistema de freio de portas, vazamento de óleo na roda, pneus em más condições, mau funcionamento do elevador e limpador de parabrisa sem funcionar.  

Tolerância zero

Desde 25 janeiro, quando a Prefeitura anunciou a adoção de uma política de Tolerância Zero em relação às empresas de ônibus, já foram vistoriados 39 ônibus e detectadas 85 irregularidades. Os fiscais expediram 113 autuações e 7 advertências, sendo recolhidas 19 autorizações de tráfego (AT). Cinco ônibus foram recolhidos ao pátio do Detran.

Todos os ônibus que tiverem a AT recolhida nas fiscalizações  ficam impedidos de circular nas ruas até que os problemas, que foram encontrados,  sejam reparados. Os veículos precisam passar por uma nova vistoria para receber o documento de volta. Nesse período, não será paga a remuneração complementar, que leva em conta a quilometragem percorrida pelo ônibus.

Deixe um comentário