Lei que altera remuneração e decreta fim do pagamento em dinheiro nos ônibus aprovada pela Prefeitura de BH

401
Foto: Breno Pataro/Prefeitura de BH
Publicidade

A Prefeitura de Belo Horizonte aprovou duas leis que mudam o sistema de remuneração das concessionárias de transporte coletivo e elimina o uso de dinheiro em espécie nos ônibus.

O subsídio será agora pago por quilometragem rodada e as passagens deverão ser pagas eletronicamente, com cartões de crédito e débito, pagamento por aproximação, QR code e Pix.

A legislação também dá à Superintendência de Mobilidade do Município a responsabilidade de ajustar as operações de transporte a cada 90 dias.

A mudança visa controlar as operações do sistema de transporte coletivo de passageiros.

Mobilidade BH

Siga o Mobilidade BH no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui