Como o BH Airport protege a fauna local durante as operações de pouso e decolagem

1004
Foto: BH Airport
Publicidade

O BH Airport (Aeroporto Internacional de Confins), tem uma equipe especializada em controle de fauna, composta por biólogos e veterinários, que combinam diferentes metodologias para garantir a segurança das operações de pouso e decolagem e proteger a fauna local.

Em 2022, foram capturados e relocados para áreas seguras 343 animais silvestres. No primeiro trimestre de 2023, esse número foi de 33.

Além da falcoaria, o aeroporto conta com um cão treinado para afugentar espécies na área de manejo de fauna.

A passagem de fauna evita o atropelamento de animais na rodovia próxima ao aeroporto.

Em dois anos de projeto, 12 espécies da fauna silvestre já foram identificadas usando a estrutura.

Mobilidade BH

Siga o Mobilidade BH no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui