Relatório do subsídio mostra avanços no transporte coletivo da capital

106
Publicidade

A Prefeitura de Belo Horizonte apresentou, nesta terça-feira (20/12), na Câmara Municipal, o quinto relatório sobre o desempenho do transporte coletivo da capital. A Lei 11.367/2022 determinou o congelamento das tarifas em R$ 4,50 até março de 2023, mediante uma série de condicionantes decorrentes do acordo firmado entre a PBH, Câmara e as empresas de transporte. Os dados foram apresentados por André Dantas, da Superintendência de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte (Sumob).

Em decorrência das determinações impostas para a liberação de recursos ao transporte, já foram ampliados os quadros de horários em dias úteis, aos sábados e domingos. A frota empenhada também mereceu incremento, indo de 2.113, no primeiro relatório, para os atuais 2.236 veículos.

Uma série de melhorias e esforços também têm sido implementados, como a ampliação da oferta de viagens, ajustes em quadros de horários, intensificação do monitoramento da operação, uso de inteligência de dados para incrementar processos, treinamento intensivo de motoristas, implementação de novo canal de diálogo com a população, além da manutenção dos valores da tarifa.

Os resultados apresentados nesta terça-feira demonstram que as contribuições dos cidadãos caíram pelo segundo mês consecutivo. Pelo WhatsApp, canal mais demandado (55% das interações), em agosto eram 3.552 contatos, em outubro foram 1.578 e novembro 1.341. No consolidado, entre todos os canais de comunicação, houve também uma diminuição de 110% nas demandas.

Durante a apresentação, o superintendente da Sumob, André Dantas, ressaltou que ainda há muito o que avançar, mas destaca os ajustes operacionais, fiscalização, monitoramento de processos e muito trabalho pela mobilidade como encaminhamentos positivos.

Outro dado relevante é que a superlotação, que já esteve no topo da lista das demandas dos cidadãos, caiu para a quinta posição no período. Vale lembrar que as reclamações registradas oficialmente pelos cidadãos nos canais da Prefeitura são todas respondidas.

As ações realizadas pela Prefeitura por meio da Sumob são contínuas e envolvem ajustes progressivos. Para isso, as contribuições dos passageiros devem ser registradas exclusivamente pelos canais oficiais disponibilizados pelo município, sendo o WhatsApp no número (31) 98472-5715, o Portal de Serviços e o PBH APP.

Acesse o relatório mensal com todas as informações.

Mobilidade BH

Siga o Mobilidade BH no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui