Prefeito Fuad Noman assina ordem de serviço para início de obras na Afonso Pena

65
trânsito bh
Foto de Life of Pix via Pexels.com
Publicidade

O prefeito Fuad Noman assinou nesta segunda-feira (13/11) a ordem de serviço para o início das obras de revitalização de 4,94 quilômetros da Avenida Afonso Pena – uma das ações previstas pelo programa de requalificação do Centro de Belo Horizonte, o Centro de Todo Mundo. Estão sendo investidos R$ 24,8 milhões de recursos próprios da Prefeitura e a conclusão das intervenções está prevista para o segundo semestre de 2024.

A partir de terça-feira (14/11) a empresa responsável pelas obras começará a mobilização para montagem de canteiro e outras providências necessárias para o serviço. A meta da Prefeitura de Belo Horizonte é requalificar a mobilidade da Afonso Pena, uma das principais vias da cidade.

“Nós estamos trabalhando fortemente para que toda essa avenida seja revigorada, para que essa avenida volte a ser o orgulho dos belorizontinos”, afirmou o prefeito Fuad Noman, que ressaltou a importância de revitalizar a região Central. “O Centro de Belo Horizonte é uma área nobre. Aqui era o ponto de atração de comércio, diversão, cultura, lazer. O tempo foi passando e o Centro perdendo um pouco dessa beleza e encantamento. Chegou a hora da gente olhar e dizer: isso aqui é minha cidade, é o lugar onde vivo. Vamos revitalizar esse centro. E é isso que nós vamos fazer”, completou.

O projeto de revitalização da Avenida Afonso Pena prevê a implantação de faixas para o transporte coletivo e ciclovia com adequação de geometria, fresagem e recapeamento de asfalto, sinalizações vertical e horizontal, mobiliário urbano e paisagismo, incluindo sistema de irrigação. Os trabalhos serão fiscalizados pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap).

Os serviços serão executados na Afonso Pena entre Rua Curitiba e Avenida Bandeirantes; Avenida Getúlio Vargas entre Rua Gonçalves Dias e Avenida Afonso Pena; Rua Curitiba entre Afonso Pena e Santos Dumont; Rua Cláudio Manoel entre Rua Piauí e Afonso Pena; e Rua Piauí entre Av. Getúlio Vargas e Rua Cláudio Manoel. Não será necessária qualquer ação de desapropriação de terreno.

“Por ser uma via arterial da cidade, a obra foi pensada para minimizar os transtornos que sabemos que toda intervenção causa. Os trabalhos acontecerão em etapas, começando na região da Praça da Bandeira e descendo para o sentido Praça Sete. A medida que um trecho for inteiramente concluído, daremos início ao próximo, sempre sinalizando adequadamente e orientando os motoristas e pedestres, com o apoio da BHTrans e garantindo o acesso às residências e ao comércio local”, explicou o superintendente da Sudecap, Henrique Castilho.

As frentes de trabalho nos trechos serão sempre abertas nas segundas-feiras e concluídas até a sexta-feira da mesma semana, para evitar transtornos na Feira Hippie – realizada aos domingos – e outros possíveis eventos na avenida.

Entre as intervenções previstas estão:

  • Implantação de faixa exclusiva para ônibus durante todo o dia, entre a Rua dos Caetés e Avenida Getúlio Vargas, no sentido Centro – Bairro; e entre a Rua Professor Moraes e Rua dos Caetés, no sentido Bairro – Centro.
  • Faixa preferencial para ônibus durante todo o dia, para o restante do trecho, até a Praça da Bandeira;
  • Traçado de ciclovia em toda a extensão da Afonso Pena, no canteiro central, alargando-o e redistribuindo as faixas de rolamento.

Estacionamento

Em razão da implantação da faixa exclusiva de ônibus, haverá adequação no estacionamento de veículos. No primeiro trecho da via (onde haverá faixa exclusiva) será mantido, onde for possível, apenas os estacionamentos para Portadores de Necessidades Especiais (PNE), idosos, pontos de táxi e veículos oficiais. Para a carga e descarga será proposta alteração nos horários permitidos para sua operação. As demais vagas serão suprimidas neste trecho, para viabilizar a operação da faixa exclusiva de ônibus.

No segundo trecho, que terá faixa preferencial para ônibus, também não será possível manter as vagas de estacionamento em todo trecho, em razão da adequação da caixa viária, comportando a faixa preferencial de ônibus e a ciclovia. As vagas de carga e descarga irão funcionar no período noturno.

Mobilidade BH

Siga o Mobilidade BH no Twitter e fique informado sobre a mobilidade urbana de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui